]

Dom Moacir Silva toma posse na Catedral



“Com esta celebração eucarística estou iniciando meu ministério pastoral nesta Igreja Particular de Ribeirão Preto. Venho com alegria, pois tenho certeza de que esta é a vontade de Deus para mim neste momento de minha vida. Venho com a disposição de doação total de mim mesmo a esta missão. 

Eu não me pertenço. Assumo esta missão, firmado na graça de Deus que jamais falta. Rezem por mim para que eu não atrapalhe a ação de Deus”, disse o arcebispo de Ribeirão Preto dom Moacir Silva, na homilia, durante a concelebração eucarística da posse canônica, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto (SP), no domingo, 23 de junho, às 10 horas.

D. Moacir foi empossado canonicamente como o oitavo arcebispo metropolitano de Ribeirão Preto. Mais de 3 mil fiéis acompanharam a concelebração eucarística, inclusive na parte de fora da igreja com a instalação de um telão. A concelebração contou com a presença do cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, do cardeal arcebispo emérito do Rio de Janeiro dom Eusébio Scheid, dos bispos e administrador diocesano das dioceses que compõem a Província Eclesiástica de Ribeirão Preto: Franca, São João da Boa Vista, Barretos, Jaboticabal, Jales e Catanduva, além de bispos e arcebispos de diversas dioceses, mais de 100 presbíteros, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas, autoridades civis e militares, representantes das paróquias da arquidiocese e também diocesanos da diocese de São José dos Campos. 

Às 10 horas a procissão com os padres do Colégio de Consultores, os Vigários Forâneos, os bispos e arcebispos, e dom Moacir, deixou a residência episcopal e adentrou a praça em direção à Catedral. À frente da procissão a Banda Marcial Municipal Nayara Marchetti Rocha executou músicas e os fiéis saudaram o novo arcebispo.

D. Moacir ao chegar à porta da Catedral foi acolhido pelo padre Nasser Kehdy Netto, até esta data administrador arquidiocesano, e pelo pároco da Catedral padre Francisco Jaber Zanardo Moussa. De acordo com ritual da posse recebeu o crucifixo, fez a aspersão pelo corredor central da Igreja e rezou na capela do Santíssimo. Em seguida se paramentou e deu-se início a procissão de entrada. No altar, o padre Nasser apresentou aos fiéis a Bula Papal, e a entregou ao chanceler do arcebispado padre Samuel Matias para a leitura. 

Ao final da leitura os fiéis saudaram o arcebispo com calorosa salva de palmas Na continuidade do rito, o cardeal dom Odilo, saudou o novo arcebispo desejando-lhe um ministério de muita luz e graça: “Alegremo-nos, alegra-te Igreja que está em Ribeirão Preto. A Igreja de Ribeirão Preto se alegra com a chegada e a posse do seu novo pastor. E em nome do Regional Sul 1 da CNBB desejo-lhe muita luz e graça de Deus. 

Que São Sebastião, padroeiro desta arquidiocese, interceda pelo senhor”, ressaltou o cardeal. Terminada a saudação o cardeal entregou o báculo a dom Moacir e o conduziu à cadeira presidencial (cátedra), estando agora legitimamente empossado, e mais uma vez os fiéis o saudaram com efusiva salva de palmas.

Na sequência, Manuel de Fátima Soares, representante do secretariado de pastoral, leu mensagem de acolhida em nome dos leigos, e o padre Marcelo Luís de Sousa, representante dos presbíteros, proferiu mensagem em nome do clero arquidiocesano. Os padres e diáconos, em sinal de obediência e unidade, se aproximaram em fila para cumprimentar o arcebispo.

Homilia – O arcebispo dom Moacir, antes de iniciar a homilia fez memória ao seu antecessor D. Joviano que há um ano, neste mesmo dia, foi sepultado na Catedral, e pediu um minuto de silêncio. Ao proferir a homilia o arcebispo destacou o sentido da unidade e do caminhar juntos, e pediu aos padres, diáconos, leigos e leigas, religiosos e religiosas, seminaristas, e povo de Deus para atuarem como testemunhas da Palavra de Deus no mundo. 

D. Moacir se comprometeu em estar próximo dos mais necessitados, e ressaltou a importância da participação dos jovens na igreja: “Aos irmãos sofredores, doentes e pobres, asseguro minha proximidade e oração. (...) Aos queridos jovens recordo: vocês são o presente da Igreja e da humanidade. A Igreja precisa de vocês, como jovens, para manifestar ao mundo o rosto de Cristo, que se desenha na comunidade cristã.

 Sem o rosto jovem a Igreja se apresentaria desfigurada, dizia Bento XVI aos jovens em São Paulo, em 2007”. Com a reflexão das leituras da liturgia do domingo e a invocação a São Sebastião o arcebispo concluiu a homilia.

Ao término da concelebração, depois da oração, o chanceler do arcebispado padre Samuel leu a ata da posse, e após a bênção, dom Moacir comunicou como primeiro ato de seu ministério episcopal a recondução dos padres do Conselho Presbiteral e do Vigário Geral. Com a alegria e a esperança de um ministério fecundo os fiéis saudaram com calorosas palmas dom Moacir desejando-lhe paz e luz para iniciar o seu pastoreio na Igreja Particular de Ribeirão Preto.   




Márcio Smiguel Pimenta
Pastoral da Comunicação - Arquidiocese de Ribeirão Preto

www.arquidioceserp.org.br